5 de dezembro de 2012

APENAS ALGUÉM A TE QUERER...

A cada dia que vejo nascer
procuro palavras pelo mundo..
quero me fazer poeta!
Afoita, me coloco à digitar..
coração na mão
espero por um sinal
que me mostre os desafios da vida...
Mas, da manhã  à noite
essa luz que sai do meu peito
pousa sempre na incógnita deste teu olhar
daquela fotografia que
esqueço de guardar...
No impulso de um copo de vinho
embebedo-me de amor e
tento expressar o que já nasceu..
na poesia que vem
escrevo as saudades e os sonhos
muitas flores mando-te também..
e do céu, rascunho estrelas para
que iluminem o teu chão...
São instantes em que deixo-me capturar
pela suavidade deste teu singelo olhar..
a tua vida em poucas palavras
e nelas sempre a mesma beleza..
quanto à mim,  não mais poeta
apenas alguém a te querer...
Mesmo que outros também
expressem esses sentimentos
quero eu sempre te escrever e dizer..
não há amor mais bonito
do que este que dedico à você...

12 comentários:

Sandra Subtil disse...

Um chão iluminado pela luz do amor! Belo.
Beijinhos

regina ragazzi disse...

É um amor muito bonito Susana. Nota-se isso em cada verso do seu poema. Bjsss

Felisberto Junior disse...

Olá!
Suzana...
... um verdadeiro momento de “transe poético” em que a sua inspiração fluiu de forma a trazer-lhe momentos sublimes e sensíveis. A verdadeira essência do amor. Que não seja um sonhar, além do racionalmente possível...
Obrigado pelo carinho!
Ótima quinta feira
Beijos
ClicAki Blog(IN)FELIZ

Suzane Weck disse...

Ola minha querida amiga,já estou com saudades de nossa 'champagnezinha'.Nossa,andas cada vez mais inspirada em tuas poesias,lindas,cada vez mais lindas.Uma boa -noite acompanhada de meu maior abraço,e uma beijoquinha da Jéssica.SU.

Célia Maria de Sousa Arruda Jacobino disse...

Olá!
E a gente fica assim enebriado,com esse vinho do amor, que aflora e é fulgaz nessa poesia linda.
Sem mais o que comentar,parabéns.
Obrigado por tua visita e pelo comentário.
Tenha uma quinta-feira repleta de luz e paz.
Bjos.

Vera Lúcia disse...


Olá querida,

Que lindo amor!
"e do céu, rascunho estrelas para
que iluminem o teu chão...".

Belas palavras.

Ótimo dia.

Beijo.

Sónia M. disse...

Um poema que inebria os sentidos...muito, muito belo, Suzana.

Deixo um beijo e um forte abraço :)
Sónia

Sarah Moustafa disse...


Olá gostei muito do seu blogue! Já aderi!
Seguirei atentamente.
Se quiser conhecer o meu espaço e espreitar o que escrevo aqui fica o endereço

http://lualibra.blogspot.pt/

Beijos

Sarah

Kellen Bittencourt disse...

Que lindo Suzana, o amor quando é sincero merece ser reafirmado todos os dias, para que o outro nunca se esqueça! Bjoooss

Lua Negra disse...

Amor que transborda na caminhar do poema.
Beijinhos de luz.
Lua

Isa Lisboa disse...

Quem ama já é um pouco poeta, não é mesmo? ;)
Vim aqui conhecê-la e agradecer pela leitura da minha participação no 1º Contos e Prosas.

Está convidada a conhecer os meus dois espaços, onde será sempre bem vinda:

http://instantaneospretobranco.blogspot.pt/

http://diasqueolhoomundo.blogspot.pt/

Ann Marie disse...

Hello my friend!
It's always beautiful poetry on your blog.
I am now taking a break from the blog the rest of the year, so therefore I wish you a good and enjoyable Christmas and a wonderful Happy New Year.
Hug!