14 de novembro de 2012

SEGUINDO A VIDA...

Sigo pela vida a passos lentos
e o instante vazio é o único que
me abraça e me envolve.
Caminho tentando refletir
para tentar entender o verdadeiro
sentido de te perder,
do tempo de quando aceitei espinhos,
dos momentos que errei ou acertei...
Ás vêzes, penso que o amor é assim
imenso, como um oceano
feito de calmarias
para logo a seguir perder-se
nas tempestades de
suas próprias ondas...
Espero que um dia ele me encontre
e que me ache, desta vêz,
deitada em águas mansas e ralas
para que nunca seja necessário
ter que nos afastar...
Nesses passos lentos
que levam a nenhum lugar
sigo a vida para te esquecer..
carrego na quieta alma
uma pequena e simples bagagem
e um sereno amor, apenas humano!!

12 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Suzana...
.... . O amor é um sentimento sublime; supera os problemas e diferenças, resiste ao tempo e se fortalece com a distancia. Difícil fugir, e impossível esquecer alguém que preencheu teus sentimentos, suas vontades e desejos...
Obrigado!
ótimo feriadão!
Beijos

Ann Marie disse...

Hi Suzana!
It is a very beautiful poem you wrote.
The word is the source to get knowledge, communication, and poetry from.
I wish I could speak all the languages ​​of the world, imagine what a wonderful feeling it would be to be able to understand all the nuances and allusions and be able to save them in our hearts.
I wish you my friend a wonderful ending to this week.
Hugs to you my friend!

Jaqueline Cristina disse...

É, minha linda,
o sentimento de perda é tão confuso quanto o de não ter nada para se perder, pois só se perde o que um dia foi nosso, e o que é nosso, se nem nosso corpo é?
Ninguém é dono de ninguém, mas todos temos esse sentimento de perda que dói tornando nosso objetivo de vida em um vácuo... e prosseguimos, pois estaremos sempre a procura de algo.
Bom fim de semana, flor.
Bjoks

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia
Suzana
Estou aqui para agradecer a você...
sua gentileza ,sua simpatia, seu carinho
sua dedicação ,por lembrar-se sempre de meu blog.
Bom feriadão!Bençãos infinitas!
Beijos

Lua Negra disse...

As nossa lembranças, são nossos maiores tesouros.
Bom final de semana.
Beijinhos de luz.
Lua

vendedor de ilusão disse...

Achei magnífica essa Trova. Meus parabéns pelo brilhantismo e criatividade da narração!
Abraço e até mais!

Vera Lúcia disse...


Olá querida Suzana,

Achei linda esta expressão: "Ás vezes, penso que o amor é assim
imenso, como um oceano
feito de calmarias
para logo a seguir perder-se
nas tempestades de
suas próprias ondas..."

Um amor profundo fica tatuado em nosso ser e dificilmente é esquecido. Pode até ser substituído, mas sempre será lembrado.

Ótimo final de semana.

Beijo.

Antonio Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.

ELAINE disse...

Su querida! Simplesmente lindo! Parabéns! Passando pra ver como você está e agradecer o carinho.
Desculpe a demora em aparecer....
Não tenho conseguido visitar a todos como gostaria.....
Demora, mas eu venho!....
Um abençoado e feliz fim de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Ann Marie disse...

Hi Suzana!
I look in on your blog and I would like to wish you a week full of positive and pleasant events.
Hugs to you my dear friend.!

Mary disse...

O amor e suas contradições!

Bjo Suzana!

ONG ALERTA disse...

Por amor se faz magia, beijo Lisette.